Serviços O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

 

Do dia 1 a 4 de Outubro de 2019 aconteceu em Vitória, o XXVIII Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação.

 

O evento que é uma referência para os profissionais da área teve a participação de alguns bibliotecários do Sistema de Bibliotecas e Informação (SiBI) da UFRJ.

 

Na ocasião, os bibliotecários do SiBI/UFRJ participaram de reuniões, do fórum de biblioteca universitária e apresentaram trabalhos com abordagens dentro do tema central Desigualdade e Democracia: Qual o papel das bibliotecas?

 

Erica dos Santos Resende, bibliotecária do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH) falou sobre “Fontes de informação para a pesquisa em Educação”

 

Priscila Gonçalves Soares, bibliotecária do centro de ciências jurídicas e econômicas (CCJE) falou sobre “Os desafios e dilemas enfrentados pela Biblioteca Eugênio Gudin/CCJE/UFRJ para adequar o acervo aos novos usuários ingressantes com deficiência visual”. Trabalho foi feito em parceria com Josiane Silva de Alcântara.

 

Camila da Silva Teixeira, bibliotecária chefe do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH) apresentou o trabalho em parceria com Adriana Almeida Campos sobre “ A gestão de processos no serviço de referência e circulação da Biblioteca do Centro de Filosofia e Ciências Humanas/ UFRJ: o modelo em nuvem para input de dados”.

 

As bibliotecárias da Faculdade de Letras representadas por Eliana da Silva Rodrigues, Cila Verginia da Silva Borges,Irany Gomes Barros e Andréia Dutra Fraguas falaram sobre “Mediação na Biblioteca Paulo Coelho do Colégio Solar dos Meninos de Luz: relato de experiência”.

 

Luciana Ferreira Machado, Cássia Costa Rocha Daniel de Deus e Zoraide Dantas Ribeiro Freitas apresentaram o trabalho "Iniciativas na Gestão Pública: competência em informação de bibliotecários da Universidade Federal do Rio de Janeiro”.

 

Francisco de Paula, bibliotecário chefe da Biblioteca do Centro de Tecnologia participou como moderador na mesa redonda “ Fake News e pós verdade” e como convidado no Conversando sobre “Bibliotecários, fake news & ética profissional: tudo junto e misturado”. No cenário atual com a avalanche de informações que recebemos diariamente por todos os canais e o imediatismo parece ser a regra. Precisamos de fato ter opinião sobre tudo? Qual é a (des) vantagem de ser bibliotecário neste contexto?

 

 

 

 

 

UFRJ Sibi - UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ